De bezerras e novilhas a vacas de alta produção

De bezerras e novilhas a vacas de alta produção, este é o ciclo desejado por muitos produtores para uma produção leiteira de sucesso.

As vacas leiteiras são criadas especificamente para produzir grandes quantidades de leite. Ainda bezerras e novilhas, os animais são nutridos e preparados para terem uma alta produtividade nos momentos de lactação.

A produção leiteira está intimamente associada à reprodução, as vacas iniciam a produção de leite após darem à luz e continuam enquanto são estimuladas a produzir. Ao longo do tempo a curva de produção tende a diminuir. Assim, elas precisam parir um bezerro ou novilha por ano para continuar a produzir leite alcançando os picos de produção. 

Segundo o Anuário de Leite 2019 da Embrapa, em 2017 a produtividade média vaca/lactação no Brasil foi de 1.963 KG, um número muito aquém em relação ao potencial do rebanho brasileiro. Em comparação, os EUA no mesmo período tiveram uma média de produtividade vaca/lactação de 10.457 KG, uma média de 34 KG dia em uma lactação de 305 dias.

Gráfico Curva de lactação

vacas de alta produção

Vacas de alta produção: 5 Pontos importantes

Para ter vacas de alta produção no seu rebanho, é necessário se atentar para alguns pontos importantes. Entre eles estão:

1 – Alimentação adequada;

2 – Estrutura corporal dos animais

3 – Local de descanso;

4 – Bom sistema de ordenha;

5 – Análise de dados do rebanho.

Começando pela alimentação, a vaca de leite no período de lactação tem a maior exigência nutricional entre todos os animais do rebanho. Sendo assim, o cuidado com a quantidade e qualidade do alimento ingerido deve ser maior.

A energia requerida para lactação é reflexo da energia contida no leite produzido. Portanto, quanto maior a produção de leite, maior a demanda energética e proteica. O aumento da produção deve ser acompanhado por uma dieta rica em nutrientes.

As condições do local de descanso e da sala de ordenha também influenciam muito na produtividade das vacas de leite. Os ambientes precisam ser bem arejados e ventilados, com piso que facilite a limpeza e que evite queda dos animais, ajudando no bem estar animal.

Um sistema adequado e uma boa sala de ordenha garantem uma retirada de leite satisfatória. Por isso, tenha instrumentos bem higienizados e em bom estado. 

Outro ponto importante é se atentar à estrutura corporal dos animais. A ideia é selecionar vacas que permitam um maior número de lactações. Assim permanecerão mais tempo produzindo dentro do rebanho, possibilitando a diluição dos seus custos de criação.

Por fim a analise dos dados para adotar medidas assertivas. Afinal para buscar melhorias na propriedade é indispensável conhecer indicadores, sendo ele positivos ou a melhorar, assim podemos adotar medidas que condizem com a necessidade real da propriedade.

Como identificar as vacas de alta produção e aumentar o número de animais?

Agora que você já sabe dos cuidados que uma vaca com alta produtividade exige, é necessário saber como identificar o animal no seu rebanho.

Para isso, separamos algumas características que uma vaca deve ter para ser classificada como uma boa produtora de leite. Alguns desses fatores são genéticos, outros ficam a cargo dos fatores ambientais.

Antes de destrincharmos esses dados, conheça as características que um animal de alta produção geralmente apresenta:

  • Vida útil ou produtiva longa;
  • Boa conformação de úbere, importante para reduzir a incidência de mastite;
  • Ausência de problemas de reprodução;
  • Conversão alimentar eficiente para produção de leite;
  • Cascos saudáveis;
  • Ser sadio e ter uma boa resistência.

A maioria desses fatores estão relacionados à saúde do animal. Esse é um passo básico para obter êxito na produtividade de leite.

Vaca - Gráfico de curva de produção Individual

Gráfico extraido do Sistema Mais Leite representando os dados de uma vaca de alta produção.

Gestão de dados e melhorias na Produção Leiteira

Fazer a gestão de maneira sistematizada pode ser decisivo na hora de tomar as decisões sobre tipos de manejo, estratégias, investimentos, descartes, entre outros.  

Veja no vídeo como o Produtor, focado em gestão, toma as decisões baseado em dados da produção leiteira.

Cuidados para uma Vaca de alta produção

Não há vantagem alguma em um animal com predisposição genética para ter alta capacidade de produzir leite se este fica doente frequentemente. Por isso, é necessário tomar uma série de cuidados para fazer com que as vacas permaneçam sadias.

Vacinações e vermifugações periódicas, limpeza no manejo de ordenha e cuidados gerais com os animais são essenciais, desde quando são bezerras e novilhas.

Como já foi apontado acima, a atenção com a alimentação do rebanho é fundamental para a produção. É importante ressaltar que cada animal tem características diferenciadas, fazendo com que suas necessidades alimentares sejam diferentes.

A alimentação varia conforme cada fase do animal e isso precisa ser acompanhado pelo produtor. Além disso, a presença equilibrada de nutrientes como proteínas e fibras fazem com que cada animal tenha a capacidade de produzir o máximo possível sem ter sua saúde prejudicada.

vacas de alta produção

Outro fator importante para a saúde e produtividade do rebanho é o consumo de água. A IN 62 determina que deve ser fornecido 100  litros de água por animal a ser ordenhado, podendo um animal consumir de 80 a 190 litros por dia. Isso porque, em um litro de leite, 87% é composto por água.

Entre as características de boas vacas de leite está também a saúde dos cascos. As lesões de casco estão entre os principais problemas da pecuária de leite, pois causam, aproximadamente, 90% das claudicações no rebanho leiteiro. No Canadá problemas no casco e perna estão em 4º posição nos motivos de descarte de vacas, no Brasil não há dados precisos.

Um ponto importante é o manejo adequado das vacas. Garantir o bem-estar do animal, com local de descanso apropriado e manejo cuidadoso reflete no aumento da produtividade do rebanho.

Porém, esses cuidados não devem ser tomados apenas em vacas de alta produtividade. Aumentar a produção de leite do rebanho como um todo exige que os animais tenham uma boa alimentação, estejam saudáveis e tenham o manejo adequado.

Outra maneira de aumentar o número de vacas de alta produtividade é o melhoramento genético. Por meio de cruzamentos pré-estabelecidos e inseminação, o produtor cria uma linhagem mais resistente e com maior eficiência.

Para fazer isso, é necessário observar quais animais já possuem essas características, selecioná-los e fazer o processo de reprodução.

Bezerras e novilhas: como prepará-las para serem vacas de alta produtividade

Um dos maiores desafios no processo de produção leiteira é a criação de bezerras e novilhas para reposição do rebanho visando garantir vacas de alta produtividade.

O objetivo principal da criação de bezerras e novilhas é que as fêmeas tenham um alto potencial de produção leiteira. Para isso, é necessário um acompanhamento desde antes do parto para que o animal seja saudável e tenha condições de produzir leite em grande quantidade e qualidade.

A vaca, ainda gestante, deve ter uma suplementação vitamínica para que o feto se desenvolva da melhor maneira possível. Após o nascimento, a ingestão de colostro é imprescindível para que o animal adquira os anticorpos necessários para combater os agentes patogênicos do ambiente.

Saiba mais: Bezerras e novilhas: a importância de acompanhar o crescimento

Entre o nascimento e o primeiro parto há um período de cerca de 24 meses. Esse tempo também representa grandes custos para a propriedade, já que as bezerras e novilhas não estão sendo produtivas nesse momento. 

Por isso, o manejo nesse período deve ser adequado, com o objetivo de ter animais com alta produção na vida adulta. O primeiro parto precisa acontecer no momento ideal e, para isso, é necessária uma alimentação correta. 

O sucesso do manejo é medido pelas taxas de ganho de peso diário e peso após o parto. Fazer o planejamento adequado das refeições reduz o custo da produção e resulta em mais vacas de alta produção.

app mais leite

Quais os benefícios de uma vaca de alta produção?

Todo produtor deseja que seu rebanho alcance a maior produção de leite possível. Porém, é comum pensar que quanto a produtividade maior também demanda mais gastos.

Existem custos que estão diretamente ligados a cada litro de leite produzido e há custos que diminuem com o aumento da produção. quanto maior o rendimento da vaca, mais o investimento é diluído no volume de leite produzido.

Além da diminuição dos custos, outro benefício é para o meio ambiente. Segundo estudo desenvolvido na Itália, ao atingir um nível de produção anual de 15.000 kg por vaca, a fazenda tem uma alta capacidade de reduzir para menos do que a metade a liberação de carbono, nitrogênio e fósforo para o meio ambiente.

Gestão inteligente facilita o acompanhamento da produção

Como ressaltado acima, para ter sucesso no manejo de bezerras e novilhas e no acompanhamento da produção de leite, é importante uma gestão inteligente e eficiente. Pensando nisso, o Sistema Mais Leite oferece a função “Controle dos Animais”. Nessa seção, o produtor pode acompanhar o desenvolvimento e histórico de seus animais, além do crescimento das bezerras e novilhas. 

Com o sistema, o produtor registra as atividades e recebe alertas sobre o manejo, aplicação de medicamentos, lembretes das principais etapas do tratamento e alertas do período de carência. Maior controle, menor custos e mais lucros.

Abaixo um exemplo de  controle da produção com o Sistema Mais leite. Veja no  gráfico um comparativo entre duas vacas em lactação.

Gráfico comparativo entre duas vacas produtivas

vacas de alta produção comparativo

Além dessas funções, o Sistema Mais Leite possibilita o gerenciamento de vários indicadores, como eficiência reprodutiva do rebanho, inseminações, partos, manejos, entre outros. De forma completa, o sistema ainda permite a gestão financeira de todas as atividades desempenhadas na propriedade e emite alertas sobre atividades importantes. 

Outra característica importante do Mais Leite é a flexibilidade, já que o produtor pode acessá-lo de qualquer lugar pelo navegador do computador ou do smartphone. Caso esteja sem internet, ou com uma conexão ruim, o aplicativo oferece uma alternativa com o lançamentos de informações Off Line.

Quer saber mais? Fale com a gente pelo whatsapp!

Você Também pode gostar